Buscar
  • Equipe Dr.Caruso

O Fantasma da Celulite




A PANICULOPATIA EDEMATOFIBROESCLERÓTICA, nome científico da CELULITE, sempre tomou um lugar de destaque na procura por tratamentos em clínicas de estética.


O nome no início do texto refere-se a uma doença do tecido gorduroso, que fica aumentado, com forma irregular, inflamado ,  endurecido e pobre de circulação, e atinge principalmente as mulheres. O verdadeiro motivo para o surgimento precoce da celulite é a combinação de dois grandes  fatores: a  alimentação e o  sedentarismo.


Segundo estudos recentes, a alimentação é a grande responsável, principalmente a chamada fast food e os alimentos industrializados. Tais “alimentos” fazem mal à saúde devido à sua profunda alteração bioquímica (adição de corantes, aromatizantes, realçadores de sabor, ingredientes geneticamente modificados, sal em excesso, conservantes, para citar alguns) e ao alto índice de carboidrato em sua formulação.


Essas alterações fazem com que o corpo reaja de forma negativa  na  metabolização desses alimentos,  causando   uma falha  do  sistema microimunológico , alterando funcionamento do sistema linfático e levando a um  edema (inchaço e retenção de líquidos), acúmulo de gordura e mudança no padrão da pele.


Não é raro encontrarmos garotas bem novas já com sinais de celulite , e  por vezes com esta alteração totalmente implantada.


A famosa expressão pele em casca de laranja, se dá devido ao intenso e profundo  processo inflamatório regional que pode pegar todos os três andares  da camada de gordura.


Quanto mais tempo se passa sem tratamento, mais grave e profunda ficará essa alteração, que se classifica de 1 a 4, sendo  4 o estágio mais grave.


A evolução da celulite é muito rápida. A parada da  circulação e  o aumento da gordura  trazem o  envelhecimento da célula gordurosa . O aumento do volume geral potencializa a compressão e  existe um grande extravasamento de líquidos da circulação sanguínea para os tecidos circundantes, originando  nódulos , inflamação  e  dor.


A ênfase atual dada à celulite leva as melhores empresas de tecnologia e laboratórios do ramo a investir milhões de dólares em tratamentos.


Por ser uma patologia multifatorial, o seu tratamento deverá ser também diversificado. Não existe uma só máquina ou só um método que consiga tratar a  celulite, e sim um conjunto de procedimentos  que vão desde uma massagem terapêutica até técnicas avançadas de laser,  da menos à mais invasiva. O que se sabe, é que quando se combinam duas ou mais técnicas  atinge-se um melhor resultado.


O ideal é combinar uma técnica que seja mais profunda, como o laser de baixa intensidade, que foca a melhora das camadas de gordura, com uma técnica mais superficial, estimuladora do colágeno, que melhorará o aspecto da pele. Como exemplo temos a radiofrequência e os peelings corporais (químicos).


Concluindo, tratar celulite hoje é sempre tratar da saúde de uma maneira geral – não é só se preocupar com a área com problema, e sim com a pessoa como um todo. Nenhum tratamento estético corporal consegue eficácia plena e duradoura se não houver uma adesão a uma alimentação saudável e uma vida menos sedentária. Somente um  profissional  médico qualificado tem as respostas e soluções completas para você.


Evite desperdiçar seu tempo e arriscar sua saúde com experiência e tentativas sem resultado.

16 visualizações

©2019 Criado por Creative Idea Branded Content | Music | Films | Digital World www.ideacreativemusic.com

  • Branca ícone do YouTube
  • White Facebook Icon
  • Branca Ícone LinkedIn
  • Branca Ícone Instagram