Buscar
  • Equipe Dr.Caruso

3 Dicas Essenciais para Elevar sua Autoestima e Saúde Emocional



Você deve conhecer pessoas que são assim: Reclamam da vida, não se sentem bem consigo mesmas e sempre possuem um problema que não conseguem resolver com a família ou os amigos. Por que isso acontece e qual a relação disso com a autoestima e a saúde emocional?


Quando falamos de autoestima, estamos nos referindo ao quanto alguém estima a si próprio, o quanto alguém gosta de si mesmo.


Quando alguém possui uma baixa autoestima, é comum que se busque melhorar o externo, o que há do lado de fora. Buscamos mudar nossa casa, nossas roupas e até mesmo o nosso corpo e as pessoas com quem nos relacionamos.


Cada uma dessas mudanças são essenciais no processo de autoaceitação, por exigir que a insatisfação seja expressada de forma que seja vista com consciência. Porém, há um detalhe importante que deve ser considerado:


A verdadeira autoestima está em aceitar a si mesmo, assim como ser honesto com seus desejos e quereres. A autoestima é uma parte essencial na constituição da saúde emocional. Listamos aqui 3 dicas essenciais para Melhorar a sua Autoestima


1 - Assumir seus Quereres


Desde criança, quando buscávamos coisas, tínhamos o costume de receber um grande NÃO de nossos pais ou responsáveis. Essa repreensão, diante da expressão de algo desejável, é a base para que hoje as pessoas escondam aquilo que querem e também o que sentem.


A partir disso, as pessoas se comportam de forma que não é compatível com o que realmente estão querendo. Essa discrepância entre o que se pensa que quer, o que realmente quer e o que se está fazendo, é um dos principais motivos de conflitos internos que, consequentemente, geram uma autoavaliação negativa.


2 - Eliminar a Culpa


Como a autoestima está conectado com a relação entre o que eu quero e o que eu faço, precisamos olhar para os motivos que fazem com que as ações não sejam compatíveis com que se está buscando. Um desses motivos é a ideia de culpa


Por exemplo, você pode querer comprar novas roupas ou mesmo fazer um procedimento estético. Diante disso, pode haver uma ansiedade relacionada com o que os outros irão pensar sobre você querer isso.


A questão é: O que as pessoas dizem sobre você está relacionado ao que elas pensam, e não sobre você. Dessa forma, você não se culpa, meramente por não se identificar com o que os outros atribuem como características suas.


3 - Se abrir para se relacionar


A partir da intenção de assumir os seus quereres e eliminar a culpa que bloqueia a aceitação de si mesmo, nos abrimos para nos relacionar verdadeiramente com as pessoas que convivemos. Dessa forma, conseguimos observar a nossa utilidade e, sendo útil, finalmente reconhecermos o quanto somos gostáveis e estimados.


Reconhecendo isso, passamos a olhar para os outros e para nós mesmos com a intenção de cuidar.

0 visualização

©2019 Criado por Creative Idea Branded Content | Music | Films | Digital World www.ideacreativemusic.com

  • Branca ícone do YouTube
  • White Facebook Icon
  • Branca Ícone LinkedIn
  • Branca Ícone Instagram